Expondo os demônios- por Param Gurudev Bhakti Prajnan keshav Goswami Maharaj



   "Os ateus dizem que Deus não existe. Shankaracharya assim como os budistas diz que Deus não tem forma, é impessoal, não possui qualidades ou atributos. Isto também não é em essência, um tipo de ateísmo? Mahadeva Shiva é conhecido como Pasupatinath que significa ‘O protetor daqueles que agem como animais’ e também como Bhutanath que significa ‘O protetor dos fantasmas’. Shankaracharya é uma encarnação de Shiva e é por isso que a filosofia ateísta é hoje a religião daqueles que agem como animais e vivem como fantasma. A única chance para a terra se livrar desta condição são aqueles compassivos Vaishnavas que tem potência espiritual para reverter esta catástrofe e neutralizar as armadilhas da ilusão nesta era escura.
   Apesar de que o conhecimento do Bhagavad Gita fale sobre Deus, sobre a alma individual como também sua relação com Ele, ela é aplicável para todas as religiões, culturas e pessoas e é impecável e absoluta. Ainda sim vemos que os propagadores das religiões demoníacas insistem em criticar este grande trabalho religioso transcendental sem a menor vergonha ou remorso.
   Tais blasfemadores invejosos são impostores que impiedosamente insistem em usurpar a eterna e exaltada posição do Sanatana Dharma. Apesar de tais impostores externamente vestir uma roupa religiosa e parecerem piedosos, pelas suas profanas atividades pode-se concluir que eles são na verdade, demônios.
   Eles desvirtuam Deus da sua potência com suas imaginações ilusórias negando Sua onipotência e eternidade, nome, forma, qualidades e passatempos. Assim como uma aparição fantasmagórica deixa sua existência em um claro dia de sol, o demoníaco também deixa de existir quando a luz do conhecimento sobre Deus aparece. Justo como um vampiro sabe que seu poder depende da escuridão, as pessoas demoníacas estão sempre cuidadosas em manter as pessoas na escuridão da ignorância para então firmemente controlar a opinião pública através da mídia, monitorando bem de perto todos os movimentos contrários representados pelos conceitos divinos e os mantendo o mais nebuloso possível.
   Com esta estratégia, o verdadeiro conhecimento do Supremo Deus, apesar de estar disponível neste mundo para aquele que realmente o procura, é mantido bem longe da consciência diária real do povo e como em um sonho estes demônios as confortam como efêmeras visões de um glorioso futuro para apaziguar as pessoas em seus naturais desejos de se relacionar com Deus. Assim, o povo é enganado e as massas são categoricamente deprivadas da sua posição constitucional e do seu direito pessoal de saber que são partes e parcelas de Deus."

(Param Gurudev- do seu livro 'Mayavada Ki Jivani')

Líder espírita Chico Xavier glorifica a supremacia Védica no campo filósofo-religioso.

"Naquela parte do oriente onde a palavra de amor guarda as mais comovedoras recordações traduzida na beleza dos Vedas e Upanisads. Foram elas as primeiras vozes da filosofia e da religião do mundo terrestre, como provindo de uma raça de profetas, de mestres e iniciados, em cujas tradições iam beber a verdade os homens e povos do porvir, salientado-se que também as suas escolas de pensamento guardavam os mistérios iniciáticos com as mais sagradas tradições de respeito"     

"Os cânticos dos Vedas são bem uma glorificação de fé e da esperança, em face da Majestade Suprema do Senhor do Universo. A faculdade de tolerar e esperar, aflorou no sentimento coletivo das multidões, que suportaram heróicamente todas as dores a aguardaram o momento sublime de rdenção. Os Mahatmas criaram um ambiente de tamanha grandeza espiritual para seu povo, que, ainda hoje, nenhum estrangeiro visita a terra sagrada da Índia sem de lá trazer as mais profundas impressões acerca da sua atmosfera psíquica. Eles deixaram também ao mundo, sua mensagem de amor, de esperança e de estoicismo resignado, salientando-se que quase todos os grandes vultos do passado humano, progenitores do pensamento contemporâneo, deles aprenderam as lições mais sublimes".

(Do livro 'A caminho da luz' pelo espírito Emannuel- Chico Xavier)

A diferença entre canto devocional e canto do desfrute sensorial. por Srila Bhaktissidanta Saraswati thakur



Maha mantra e kirtan

 (Extraído da biografia de Srila Keshav Goswami escrita por Srila Gurudev)

   Em 1933, foi celebrado o viraha-mahotsava de Srila Bhaktinod Thakur em seu samadhi-mandir em swananda-sukhada-kunj, Sri Godruma. Srila Prabhupad estava presente acompanhado por seus discípulos, entre eles Vinodbihari Brahmachari também estava presente. Vaishnavas proeminentes de toda Bengala se reuniram neste festival e Srila Prabhupad deu a Sri Vinodbihari a responsabilidade de atender os convidados especiais.
   O honorável Sri Sitanath Bhaktitirtha, um discípulo de Sri Bhaktivinod Thakur, era considerado um excelente kirtaniya (cantor de canções devocionais) e era perito em todos os tipos de raga, ritmos, entonações e modulações de voz. Também era perito em tocar harmonio, esaraj, vina, mrdanga, tabla e outros instrumentos. Após o festival, Bhaktitirtha prabhu sentou-se do lado de Sri Vinodbihari e começou a cantar. Ele começou cantando o maha-mantra em vários ritmos com acompanhamento do harmônio e modulava sua voz de tal maneira que ele demorava de dez a quinze minutos para pronunciar as dezesseis palavras do hare krishna maha-mantra desde o primeiro hare até o último hare. Além disso, ele gesticulava excessivamente com suas mãos para exibir seus sentimentos devocionais.
   Pouco depois, quando Sri Vinodbihari Brahmachari estava com Srila Prabhupad, Prabhupad o instruiu: “Você escutou o kirtan? Você poderia ter pronunciado o maha-mantra cinqüenta vezes durante o tempo que ele demorava a pronunciar ‘hare krishna’ uma só vez. Aqueles que não têm gosto pelo santo nome e sua deidade adorável, estão apegados apenas ao canto com diferentes entonações melódicas para sua própria felicidade pessoal. Eu chamo esse povo de tal-thoka sampradaya (pessoas que só estão interessadas no ritmo e não no sentimento devocional). Nossa inércia e todos os tipos e impurezas podem ser erradicados se cantamos o maha-mantra com fé e em voz alta. Todos os nossos desejos serão satisfeitos se cantamos da forma correta. Os membros da tal-thoka sampradaya estão enredados completamente no benefício material, no desejo de ser adorado e na fama. Os Vaishnavas puros sempre ficam longe disso e executam sadhana do krsna-nama com muita fé e concentração. A forma, passatempos transcendentais e qualidades de nami-prabhu se manifesta no coração daqueles que realizam nama-sankirtan desta maneira. Amor puro por Deus só pode ser despertado através do canto apropriado”. Através deste incidente, Jagad Guru Srila Prabhupad ensinou a seu qualificado discípulo, como deve ser performado o nama-bhajana.
  

Chegando ao objetivo.

  Hoje em dia, há várias concepções sobre o processo no qual podemos ser felizes. Cada indivíduo pensa ser o mais inteligente e o processo por ele adotado para o caminho da paz ser o mais indicado. Porém, quase sempre o resultado é o inverso e neste artigo vamos relatar o porque do resultado oposto de acordo com a perfeita palavra dos Vedas. No plano transcendental, nas literaturas sagradas e nos devotos puros de Deus, não há engano, imperfeição ou lamentação. Alí o resultado de uma prática seguida com sinceridade e em acordância com as escrituras é só um - paz mental e êxtase-felicidade interna.

   Partindo do plano mais grosseiro de vida, encontramos aqueles que procuram a felicidade em coisas mundanas como riqueza, desfrute do sexo oposto e fama. Estes são chamados no Bhagavad Gita de karmis, mais precisamente na grande maioria das vezes praticam vikarma (ações pecaminosas que não se apoiam nas escrituras e tem como objetivo o desfrute pessoal).

Humility only for the truth- not for rascals! by Prabhupad Saraswati Thakur

Sometimes, there is a misunderstanding that humility means sentimental submissiveness, where one takes a weak position and accepts anything and everything, even if it is against Hari, Guru, Vaisnava and bhakti.

Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakur Prabhupada has established: "The mahājanas (the great spiritual authorities) have advised that one’s humility should not be made evident in front of anyone and everyone. To express one’s humility in front of an atheist who is envious of śrī guru and the Vaiṣṇavas, in front of a demoniac person like Rāvaṇa or in front of a pretentious brāhmaṇa, is not vaiṣṇava-sevā, nor is it tṛṇād api sunīcatā. If a person does so, he can never attain the ability to perform kīrtana, nor can he develop taste for chanting the holy names. In fact, such a misplaced display of humility is an act of violence toward other living entities.".... "Humility implies perfect submission to the truth and no sympathy for untruth. A person who entertains any partiality for untruth is unfit to chant the kirtana of Hari."




Very dificult time is coming in Gaudiya Vaishavism.

"After the time of Sri Caitanya Mahaprabhu, those faithful to Him kept apart from nondevotees, to avoid contamination. Seeing this, the personality of Kali sent his representatives in disguise to pollute the Vaisnava sampradaya. Posing as Vaisnavas, they spread their wicked doctrines, and appeared so intelligent and devoted that only pure devotees could detect their real identity. Most devotees -- not only the most neophyte – were enchanted by their tricks. In this way Kali's agents expertly introduced karma, jnana, and anyabhilasa in the Vaisnava sampradaya and caused suddha-bhakti to vanish from the world."
(Sajjana Tosani 18.2.13-14 (1915)




 Bhagavad Gita Chapter 16 verse 17

ātma-sambhāvitāḥ stabdhā
dhana-māna-madānvitāḥ
yajante nāma-yajñais te
dambhenāvidhi-pūrvakam

TRANSLATION
Self-complacent and always impudent, deluded by wealth and false prestige, they sometimes perform sacrifices in name only without following any rules or regulations.

PURPORT
Thinking themselves all in all, not caring for any authority or scripture, the demoniac sometimes perform so-called religious or sacrificial rites. And since they do not believe in authority, they are very impudent. This is due to illusion caused by accumulating some wealth and false prestige. Sometimes such demons take up the role of preacher, mislead the people, and become known as religious reformers or as incarnations of God. They make a show of performing sacrifices, or they worship the demigods, or manufacture their own God. Common men advertise them as God and worship them, and by the foolish they are considered advanced in the principles of religion, or in the principles of spiritual knowledge. They take the dress of the renounced order of life and engage in all nonsense in that dress. Actually there are so many restrictions for one who has renounced this world. The demons, however, do not care for such restrictions. They think that whatever path one can create is one's own path; there is no such thing as a standard path one has to follow. The word avidhi-pūrvakam, meaning disregard for the rules and regulations, is especially stressed here. These things are always due to ignorance and illusion.




 How then can one who is covered by ignorance give divine, transcendental, spiritual knowledge consisting of metaphysical knowledge of God and creation, the process of devotional service, and the goal of love of God?

Rather, unqualified persons who falsely present themselves as spiritual masters are engaged in bringing about ruin on themselves and the world. The relation between a spiritual master and his disciple is something of great significance. It is a great responsibility—indeed, it is a matter of life and death.

Yet, out of their greed for gain, prestige, and adoration, there are still irresponsible people who treat it as lightly as a child’s game.

Quoted from the Book “Art of sadhana” by Sri Srimad Bhaktipramoda Puri Goswami Maharaja




Everything is possible in the realm of pure devotees.

Srila Bhakti Dayita Madhav Goswami Maharaj ‘Vishnupad’, disciple of His Divine Grace Srila Bhakti Siddhant Saraswati Goswami Thakur Prabhupada, was once engaged in preaching programs across Assam (a state in India). 

One of the disciples of Sree Chaitanya Gaudiya Math requested Him that if He can come and perform shraadha (ceremony ritual to pay homage to departed souls) of disciple’s deceased father. Disciple said that his father was not a devotee, however, if Srila Madhav Maharaj will conduct this ceremony, then disciple’s father will be benefited. 

Srila Madhav Maharaj replied after referring to His schedule that He would be in Kolkata at that time, where preaching programs would be going on. So, He said that He will send some competent person or devotee for the ceremony. Disciple requested politely that it would be good for disciple’s family, if Srila Madhav Maharaj can come. 

During the preaching programs in Kolkata, Srila Madhav Maharaj asked Srila Bhakti Ballabh Tirtha Goswami Maharaj, Sri Mangal Nilay Prabhu and one of His godbrothers (Srila Krishna Keshav Brahmchari) to go to Assam. The train to Assam was delayed, due to which the devotees could not reach the desitantion on time. When they were bit far from the house of the said devotee, who has invited, the trio saw that the function is over, and everyone is washing hands after honoring prasadam, etc. 

Srila Mangal Nilay prabhu said that this is not nice. They did not wait for us and have concluded the program. So, we shall not go there now. Srila Tirtha Maharaj said that you are right. But, if Srila Gurudeva will ask about the program, then what will we reply. Delay was not because of us, but because of train. Srila Krishna Keshav prabhu agreed with Srila Tirtha Maharaj. So, all three went to devotee’s house. 

Devotees were pleased to see them. They asked that why you did not come with Sri Madhav Maharaj? Had you come with Him, it would have been very nice. Sril Keshav Prabhu said that we have program of our Kolkata Math, so Sri Madhav Maharaj could not come. He has sent us. The devotees in the house stood stunned. 

Then the disciple (host) came forward and said that what are you saying? Sri Gurudeva Madhav Maharaj came here. He gave a lecture (discourse), performed the ceremony and has just left after honoring prasadam. This time these three were stunned and began wandering that how is this possible? Host took them around and pointed where Srila Madhav Maharaj sat to give lecture, and where He performed ceremony and where He sat to honor prasadam, and so on. After that the three devotees bathed, honored prasadam, performed sankirtan in the evening and left for Kolkata , next day. 

Once they reached Kolkata, they asked the resident devotees, that who was giving lecture yesterday. All answered that Srila Gurudeva and other Sannyasi (renounced) devotees gave lecture. Then these devotees inquired that in between did Srila Gurudeva went away for 2-3 days? The answer was negative. They were informed that two days back Srila Gurudeva along with lecture, lead Sankirtan as well. They were surprised. 

After keeping the luggage in the respective rooms, they went to meet Srila Madhav Maharaj. They offered obeisances. Srila Madhav Maharaj inquired about the trip, program, etc. 

Srila Tirtha Maharaj said, ‘ Our train was delayed. When we reached there, we heard from devotees that Yourself performed the ceremony, gave lecture, etc. ‘

Srila Madhav Maharaj smiled, but did not reply. 

Srila Tirtha Maharaj again said that how could this be possible that Yourself were performing Sankirtan in Kolkata with devotees as well as performing ceremony in Assam (Assam is very far from Kolkata) at the same time.

Srila Madhav Maharaj did not reply and said, ‘You have traveled for so long. Freshen up and honor prasadam.’

Guru Maharaj is not a ordinary person!

Dear Prabhu/Sister,
Hare Krishna.Dandvat Pranam.

I am in Guwahati nowadays. Srila Gurumaharaj, His Divine Grace Srila Bhakti Ballabh Tirtha Goswami Maharaj is exhibiting pastimes of not so good health, in worldly sense. So I am here. Due to high blood pressure, there was some problem. Now, things are improving.
Two days ago, Tridandi Swami Sri Pujyapad Bhakti Bhushan Bhagawat Maharaj came here and he went to meet Srila Gurumaharaj in His room. He stayed here for a while. After coming out, he asked all the present to assemble in the hall of Math, as he wanted to say something. In his lecture, he said that he went to meet Srila Gurudeva in His room. Srila Gurudeva was lying on His bed. However He did not recognize me or could speak anything. His 'sevak' team informed him that Srila Gurudeva had experienced some brain stroke couple of days back. This has affected His right side portion.
Maharaj ji spoke a verse , 'yashya shakshat gyan deep pare..........' and explained that through this verse Sage Narada explained to King Yuddhishtara that those who consider Gurudeva/Sadguru as ordinary human, his/her all devotional activities are null, as good as bathing by an elephant (Hasti snan).
He also said that when I was very young, I am with your Gurudeva. He is a very exalted devotee since beginning.
He also narrated many pastimes of Srila Gurudeva, including His devotion to Prasad, His exclusive devotion and services unto His Gurudeva (our Paramgurudeva, His Divine Grace Srila Bhakti Dayita Madhav Goswami Maharaj 'Vishnupad'). He also narrated one pastime, where a person was abusing Srila Gurudeva and Srila Gurudeva was so much immersed in transcendental realizations that He could not make out that somebody was abusing Him.
He said that by this he means to say, if we will see such exalted devotees like an ordinary human, then all our devotions, will be useless just like an offering into a yajna in which there is no fire.
In the end of his lecture he said that to realize the true form of Sadguru - Vaishnav and Sri Vigraha, we have to speak and listen again again glories of Guru-Vaishnav. We also have to chant Hare Krishna Mahamantra under the guidance of Vaishnavas, and must hear Harikatha from them.

Haribol.

Sri Guru-kripa prarthi,
Bhakti Vichar Vishnu

Sree Chaitanya Gaudiya Math
www.sreecgmath.org

Not by vote! Last Instruction of Srimad BHakti Dayit Madhav Goswami Maharaj.

Instructions for the Math after His departure

"I have registered the Math. The Math is no one's personal property. But that doesn't mean that I am going to leave this place a mess, with everyone in charge. I have therefore devised a management scheme, which is necessary for the proper running of the Math after I am gone. One person will be named Acharya; he will be the headman or president.

When I am gone, one person will take my place. Who will that be? My spiritual master did not like the idea that there should be a vote to decide the matter. To elect an acharya is not in accordance with the principles of Hari bhakti. God himself will decide who is the acharya. The acharya is the person who is most dear to the Lord. Who will make that decision? The proper arrangement is when the Lord himself says, 'This person is the one who is most dear to me.' Therefore the rule of the disciplic succession is that the choice should come from above. The correct process is that the order should be given from higher up. From the worldly point of view, everyone can get together to elect a leader, but the correct process is that the Lord himself indicates which devotee is filled with love for him, and he makes him the acharya. This is the process approved by scripture.

When Srila Prabhupada was ill, he asked the solicitor, Mr. J. N. Basu, to write up a constitution. We heard that the constitution could be made according to one of two methods, by nomination or by election. Finally, the constitution was written according to the latter method. But Srila Prabhupada did not like it and he rejected it. I and two or three others were personally present when it happened. You cannot decide who is a sadhu, an acharya or realized soul by taking a vote on the matter. Someone will say one thing, another something else and the debate will simply go on. Therefore the proper method is that the Lord himself will choose which person should be honored with the position of acharya. The scripture enjoins us to respect this process.

This process is not followed only in the Gaudiya sampradaya; it can be seen in every Vaishnava sampradaya, the Ramanuja, Madhva, Nimbarka and Vishnusvami lines. This is the way that the disciplic succession is maintained. Therefore, the process ordained in the disciplic succession must be followed. I have therefore discussed with my senior godbrothers who are a part of the Gaudiya Math brotherhood, and I have decided to make Sriman Bhakti Ballabh Tirtha my successor and president in my absence....

When I have gone, that does not give you all an excuse to behave just as you please. The defining characteristic of a Vaishnava is following a devotee. The Lord's blessings follow the blessings of the devotee. When a devotee is merciful to someone, the Lord's mercy follows. This is the essence of my instruction to you, please follow it. I have written about this in more detail elsewhere.

It will not be correct if you try to expel someone from the Math as soon as there is some discord. That will result in chaos. You must first try to explain and clarify the situation. If that still doesn't work, then give the devotee some money and a letter and send him to another Math. Do not act impetuously, but try to work together by following the person who has been made leader. It is not proper to ignore his commands and to do as one pleases. One has to follow the directions of the temple commanders. All his commands are given for the service of the Lord, bear that in mind."

Who will come?

Generally people think that they should get some benefit from their activities. "If we engage our sense organs by hearing about Krishna, by speaking about Krishna, by remembering Krishna, what benefit will we get?" Here tonight, several devotees have attended, and in other places we see that the number attending may be less. But, if we were to announce in the streets that each person who attended a class here in Stanley Halls to hear a talk from a devotee and to chant the Holy Name would be given $1,000, how many people do you think would come then? You would have to call the police because so many people would become devotees for two hours. They would earn $1,000 and consider their time well spent. There would be no empty space in this room. But if you were to announce that if they were to come to hear saints from India and be rescued from the clutches of maya, from the entanglement in worldly, non-eternal things and go to the Lotus Feet of the Supreme Lord, they would not come. "What is this? They would say, "If we go there, they should give us something." They would not come. Everybody is thinking of how to make efficient use of his time - and time is money. It should not be utilised without any purpose. This is the mentality.

--- His Divine Grace Srila Bhakti Ballabh Tirtha Goswami Maharaj

The Nature of the Guileless Servant of Sri Guru by Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada

The Nature of the Guileless Servant of Sri Guru
by Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada

(Portrait of Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati
Thakura Prabhupada)

Question 1: What is the nature of the guileless servant of sri guru?
Answer: Were a servant of sri guru truly selfless, he would consider sri guru to be devatatma – that is, he would consider him to be [non-different from] the Supreme Lord (devata) and the one person truly worthy of his love and affection (dear like his own atma). And he would always foster the conception, or belief, that “Srila Gurudeva is my eternal master, and I am his eternal servant.” Service to sri guru would be his very life; it would be his ornament and his existence.
He knows nothing but sri guru. Under all circumstances – while he is sleeping or dreaming or eating or engaged in bhajana – he is always thinking of sri gurudeva, taking his guidance and following in his footsteps. He knows that sri gurudeva, who is very dear to Sri Krsna, is completely independent and is isvara-vastu – an entity non-different from the Supreme Controller, Sri Bhagavan.
I pray that whether or not Srila Gurudeva accepts my service, as I am unqualified, I shall always remain present to render service exclusively to him by all means – through my mind, body and words. If he rejects me, I shall know that I am unqualified, but Srila Gurudeva is truth. So, my sole prayer is this: may temporary sensual pleasures never distract me from serving Srila Gurudeva, who is the eternal truth; may they not make me averse to serving him – not even for a second – may Srila Gurudeva mercifully accept my service; and may I never fall into bad association and thus be deprived of his association.
Although I am unqualified, my sole recourse is the fact that he is especially compassionate to those who are the most unqualified. Thus, with the hope of receiving his causeless compassion, my greed to engage in his service increases more and more.

Quem vai acreditar???


Quem vai acreditar que Deus, o criador de tudo e de todos, brinca e mendiga o amor das vaqueiras de uma simples vila?? Que Deus, o onipotente criador do universo, brinca de luta com seu amigos vaqueiros e quando perde é obrigado a carrega-los no ombro?? Que o mesmo Narayana pai de Brahma recebe castigo de sua mãe Yashoda?? Quem vai acreditar? Que o Senhor Supremo, o mesmo Allah, Jeovah, javeh, Khuda etc.. vive roubando yourgute na casa dos seus vizinhos e quando não acha nada dá um puxão de orelha nos bebês e os fazem chorar? De fato, nem mesmo o poderoso, o primeiro ser criado Brahmaji pôde compreender quem era a criança que andava descalço em Vraj e matava vários demônios .... Quem vai acreditar?? é dito ... sant sanga prapyate pumbhih sukrtaih purva sancitah ... "Aqueles que performaram muitas atividades devocionais(sukriti) (sabendo ou não) em milhões de vidas ao longo da sua jornada no mundo material, estes créditos condenssaram e o levou aos pés de lótus de um sad-guru fidedigno. Alí ele começa a praticar devoção pura á este vaqueirinho que na verdade é a Suprema Personalidade de Deus-parabrahman e se torna feliz e auto satisfeito"
 
 

Siksastakam- Quarto Verso

na dhanam na janam na sundarim kavitam va jagadish kamaye .....

este quarto verso do Sikshastakam contém tudo para uma vida pacífica ... espiritualmente e também materialmente .. em todos os sentidos .. Mahaprabhu diz que akele que deseja a misericórdia do Senhor, deve aniquilar de uma vez por todas todos os desejos por mulheres (ou homens no caso das mulheres), dinheiro, riquezas, posses etc... e apego a linguagem florida das poesias mundanas ..

Who are most fortunate? by Srimad B.B.Tirtha Goswami



Sree Sree Guru Gaurangau Jayatah!

I have heard from Guruvarga, that person is fortunate and blessed, who is rebuked and censured by others, especially by senior superior persons, because by that, he can destroy all sins without penance — but the condition is this — the person should have the capacity to tolerate censure.

The person, who is always respected and praised by others, is most unfortunate, because he has got no scope to get deliverance from the ill-consequence of sins which he has committed. The conditioned souls of the world are always very keen to get respect and praise from others, because of which, they are enslaved — enveloped by the illusory energy of Supreme Lord.

Sadhus do not become worried, if they are oppressed by others; they become worried if they, out of the mistake, inflict any kind of harm to any person as counter protest. We should always remember the instruction of Suniti Devi and Sree Narada Goswami to Dhruva, if we want to get the highest objective — Krishna-Prema, "Don't blame others for your distress. Jivas suffer such afflictions which they inflict upon others." Sree Chaitanya Mahaprabhu has taught us how to worship Sree Krishna in the third verse of 'Shikshastak' . These instructions are not merely for giving advice to others, but we are to practise it in our life.

--- His Divine Grace Srila Bhakti Ballabh Tirtha Goswami Maharaj

O que é Diksha?

No seu famoso bhajan 'sri guru charana padma ...' no qual ele glorifca Sri Gurudev, Narottama Thakur diz 'divya jnana hrde prokasito' ... divya jnana significa conhecimento transcendental- divino. Como Sri Gurudev trasmite isto aos discípulo sincero?

Os tolos pisam onde os anjos temem pisar -

Infelizmente a cólera na forma de sahajismo tem espalhado na sanga ainda quando Sri Gurudev estava presente no planeta. Por isso, ele repeditas vezes alertou seus discípulos sobre este perigo. No seu último festival em badger 2010, ele muito forte disse: "Voçês devem parar de cantar estes bhajans íntimos, se não, irão todos ao inferno." Voçês podem ver o vídeo no purebhakti.tv - Badger 2010.

Foi a missão de Srila Gurudev escrever comentários sobre livros que contam passatempos íntimos do casal divino. Este era o desejo de Prabhupad Saraswati Thakur, que um comentário autêntico sobre isto fosse escrito e publicado para que o aspirante sincero entrasse em raganuga bhajan da maneira correta  (assim estes elevados ensinamentos não se perderiam para sempre na terra), e não comos os sahajiyas Babajis fazem (expondo tudo a novos devotos fazendo parecer que manjari bhav é muito simples e fácil de ser obtido). Na verdade isso é propriedade da Gaudiya Math, Rupa Goswami e toda linha de Sriman Mahaprabhu. Srila Krsna Das Kaviraj Goswami também escreveu em seu C.C que antes de escrever sobre madhurya rasa ele ponderou muito antes e decidiu: "De qualquer jeito, se eu não escrevo sobre isto, como os sinceros devotos vão entrar neste processo de ôbter Madhurya rasa? Também aqueles que são como corvos nunca se atraem por coisas doçes (madhurya) eles querem apenas coisas amargas, então não há problema pois ele naturalmente não desejarão este mais elevado prema". Gurudev disse que assim com Kaviraj Goswami ele decidiu sozinho falar tudo isto devido aos mesmos motivos.

Porém o importante é: como receber isto? Como entrar nisto? Como e quando ler sobre isto? esta é a questão aki em pauta.

A segunda razão de Gurudev escrever sobre isto, foi para aumentar a ãnsia dos aspirantes por servir nestes passatempos e também para sabermos claramente nosso objetivo e fixá-lo para nossa vida. E quando esta ãnsia é realmente sincera e não uma superficialidade barata? Isto foi explicado por ele, basta ouvir suas aulas na íntegra que o estudante realizará tudo.

Primeiro Gurudev dizia que aqueles que realmente possuem esta ansia, nunca revelarão seus sentimentos internos a ninguém, guardarão isto em seus corações como sendo a riqueza da sua vida. Primeiramente deve-se seguir o Upadesamrta e Manah Siksa estritamente. Seguir as 64 regras descritas no Bhakti rasamrta Sindhu etc... Ouvir os primeiros cantos do Bhagavatam e tentar seguir as instruções ali contidas de forma estrita. Apenas então, podia alguém escutar o resto ie. rasa lila katha. Outros Acharyas também tem alertado a todos sobre este ponto, aki vai alguns comentários deles ....

"Primeiro mereça, depois deseje" B.Promod Puri Goswami a um discípulo de Gurudev que perguntou sobre raganuga.

"Primeiro voçê deve ser como Prahlad Maharaj, depois pense em raganuga e rasa lila" Srila Gurudev a Syamarani didi após ela perguntar sobre tópicos elevados.

"Quem pensa que já escutou Druv e Prahlad muitas vezes, e agora ké escutar coisa nova, na verdade não escutou nenhuma vez, Sriman Mahaprabhu escutou isso cem vezes e ainda sim não estava satisfeito, o leitor sincero receberá nbova luz a cada vez, sempre renovadora." Sri B.B.Tirtha Goswami Maharaj sobre este mesmo assunto.

"Os tolos pisam onde os anjos temem pisar" Srila B.R.Sridhar Maharaj sobre a tolice de entrar em rasa lila prematuramente.

  Srila Prabhupad Saraswati Thakur pregava Upadesamrta, Druv e Prahlad nas poucas vezes que iam ao parikram de Vraja, até o radha Kunda. Esta era a mentalidade.

Conversando com alguns sanyassis e também com Brajanath prabhu, todos eles concordam com este ponto de vista, Damodar Maharaj me disse uma vez: "Eles nos chamam de sahajiyas, e o pior é que realmente nossa sanga está cheio deles"

Uma vez, eu perguntei Nemi Maharaj sobre este mesmo ponto ele me disse: "Gurudev disse uma vez, que se pegasse agente lendo estes livros, ele queimaria todos." Gurudev nunca autorizou ninguém a ler estes livros sem uma guia de um Maha Bhagavat Vaishnava. Isto lidera a pessoa ao imitacionismo barato ie. sahajismo.

Conversando agora em Sao Paulo com Brajanath prabhu ele tb disse: "É, todo lugar ki eu vou, o pessoal esta 'Radhe Radhe' mas nenhum deles tem sequer guru nistha, ki é a base de tudo"

Por isso, para o aspirante adentrar de forma gradual e de acordo com Rupa Goswami, progredir em vaidhi bhakti (seguir as 104 reagras escritas no Hari Bhakti Vilas e 64 no Bhakti Rasamrta Sindhu), necessário como Bhaktivinod Thakur disse .. se educar nas verdades mais simples primeiro. Gurudev declarou várias vezes que sua pregação era direcionada apenas para akeles que passaram pela escola de Swami Prabhupad, Sridhar maharaj e Gour Govinda Maharaj, e que apenas entederiam seus livros da maneira correta, akeles que leram os livros destes Acharyas citados antes, e tentaram segui-los estrita e sinceramente. É uma pena que vários 'seguidores' novos e sem prévia educação ou até mesmo seniors porém ainda neófitos (não procuram seguir primeiro Upadesamrta e manah Siksa) estejam divulgando tais passatempos livremente, como Gurudev disse ....'distriibuido livremente na feira de rua' .. uma pena .. mas fica aki este alerta para akeles que são sinceros e trabalham duro dia a dia para seguir estritamente as instruções dos Acharyas, encabeçados por Sri Rupa Goswamipad. Gour Hari Bol!!!!



       Srila Bhakti Rakshak Sridhar Goswami Maharaj disse: "Os tolos pisam aonde os anjos temem pisar"


   Aki, uma aula de Srila Gurudev sobre este mesmo tópico. Duvidas entrar em contato.


Srila Gurudeva in Germany, 2007

  Sadhana Bhakti, a prática da devoção a Sri Krishna, é de dois tipos; 1- vaidhi bhakti e 2- raganuga bhakti. O que é vaidhi bhakti?
Yatra-ragan-avaptatvat-pravrttir-upajayate
sasanenaiva-sastrasya-sa vaidha bhaktir ucyate
   “Na ausência de atração ou serviço amoroso espontâneo a Deus, quando alguém se engaja no serviço a Deus simplesmente por obediência à ordem do mestre espiritual ou das escrituras, tal serviço obrigatório é chamado de vaidhi bhakti” (Bhakti-rasamrta-sindhu 1.2.6)
Hoje em dia, especialmente nos países Europeus e na Rússia (hoje comum também no Brasil) os devotos pensam que são muito ‘rasika’ (pensam que estão saboreando o néctar da doçura do amor a Radha Krishna). Eles querem saborear as doçuras espirituais. Eles querem ir de uma vez até o topo da árvore de prema (amor puro por Deus). Eles apenas querem o mais elevado e extático amor devocional situado apenas em Srimati Radhika. Eles não querem seguir vaidhi bhakti. Eles não gostam de vaidhi bhakti.
   Esta ideia é muito perigosa, sejam cuidadosos com isto. Aqueles que têm estas ideias são tolos- sahajiyas (imitadores).
   Vemos alguns sahajiyas no Radha Kunda e em Vrindavan. Eles dão o que eles chamam de ‘siddha deha’ para qualquer um, até mesmo para aqueles que não sabem limpar as mãos depois de defecar. Tais sahajiyas não tem nenhum conhecimento; eles são muito tolos. Eles concedem o assim chamado ‘siddha deha’ a seus discípulos de diz a eles: “Agora, você é uma manjari de Vrindavan. Você está servindo Radha e Krishna lá.” Pessoas desqualificadas que aceitam esta ideia, mantêm jovens mulheres viúvas junto a eles e artificialmente saboreiam ‘parakiya bhav’ com estas mulheres e então eles geram muitos filhos. (Verdadeiro parakiya bhav é o amor extraconjugal entre Sri Krishna e as Gopis)
   Você compreende o significado? Isto é muito perigoso. I tenho alertado todos os meus discípulos- brahmacharis, sannyassis e todos os outros- seja bastante cuidadoso nisto.
   Sri Krishna nos explicou sobre a natural tendência deste mundo, em todas as entidades vivas, até mesmo nas cobras, asnos e macacos. Ele especialmente explicou a Uddhava que o burro (asno) é chutado pelas duras patas da jumenta enquanto a persegue para atuar sexualmente.
   O porco comedor de fezes é outro exemplo da indulgência sexual descontrolada, assim como a cabra e o cabrito. Até mesmo quando o cabrito está a caminho do matadouro para ser morto, se ele vê uma cabra, ele sem vergonha alguma deseja fazer sexo com ela. Isto é impressionante, ele quer fazer sexo até mesmo na hora da morte. Devemos ser muito cautelosos com isto. Mulheres devem ser cautelosas com os homens e os homens devem ser cautelosos com as mulheres. Tome cuidado com isto.
      Quando alguém não possui atração espontânea por Krishna e não está completamente absorta em Seu serviço, ela pode ler nas escrituras que ela deve se engajar em devoção por Krishna, e que se ela não fizer isto, irá ao inferno. E então, se ele engaja sua mente em bhakti devido á este medo, suas atividades devocionais recebe o nome de vaidhi bhakti.
   O que é raga? Raga refere ao amor por Krishna que está presente nos corações dos residentes de Golok Vrindavan- em Subala e Sudama, em Nanda Baba e Yashoda Maiya e especialmente em Lalita, Vishaka e Srimati Radhika. Raga significa apego espontâneo a Sri Krishna. É o amor com o qual os residentes de Vraja serve Krishna e O controla. Isto se chama raga e a pessoa que possui isto é chamada de ragatmika.
   Alguém pode desenvolver ânsia por seguir estes ragatmikas associados de Sri Krishna por ouvir o Srimad Bhagavatam de um Guru ou Vaishnava fidedigno e então desejar servir assim como Subala, Sridama ou como Mãe Yashoda.
Nandah-kim-akarod-brahman
sreya-evam-mahodayam
yasoda-va-maha-bhaga
papau yasyah stanam harih
 “Ó brahmana, que atividades piedosas Nanda Maharaj realizou para ter recebido a Suprema Personalidade de Deus Krishna como seu filho, e quais atividades Mãe Yashoda realizou para que a Suprema Personalidade de Deus Krishna a chamasse de “mãe” e tomasse leite em seus seios?” (Srimad Bhagavatam 10.8.46)
   Quais atividades piedosas Nanda Baba executou? Quão afortunada é Mãe Yashoda! Krishna, que é o Deus Supremo, bebeu leite dos seios de Mãe Yashoda. Alguém pode querer servir Krishna como ela, e mais que isso; como as gopis. Krishna disse às gopis:
Na-paraye-’ham-niravadya-samyujam
sva-sadhu-krtyam-vibudhayusapi-vah
ya-mabhajan-durjara-geha-srnkhalam
samvrscya tad vah pratiyatu sadhuna
   Eu não sou capaz de pagar minha dívida para com o seu serviço imaculado até mesmo durante uma vida de Brahma. Sua conexão comigo está além de qualquer censura. Você tem me adorado, jogando fora todos os nós domésticos os quais são difíceis de serem quebrados. Assim sendo, por favor, deixe que suas gloriosas atividades sejam sua recompensa.”  (Srimad Bhagavatam 10.32.22)
   Krishna considerou: “Não posso pagar a minha dívida com as gopis, porque elas deixaram tudo por mim. Elas abandonaram seus maridos e crianças, suas riquezas e seus interesses pelo corpo e seus ornamentos. Elas deixaram tudo por mim”.
   Ele disse a elas: “Eu não posso renunciar ninguém da mesma forma que vocês renunciaram a todos, simplesmente por mim. Não posso lhes pagar por isso. Vocês podem ser pagas apenas pelas suas boas qualidades”.
Ouvindo isto, as gopis respondem: “Ó Krishna, você aceita que está endividado conosco- gopis. Por dizer isto a nós, Você saiu vitorioso e nós fomos derrotadas”.
O verso seguinte revela um sentimento ainda maior de devoção a Krishna:
Anayaradhito-nunam
bhagavan-harir-isvarah
yan-o-vihaya-govindah
prito yam anayad rahah
   Certamente esta gopi em particular adorou perfeitamente o Todo Poderoso Controlador Supremo (Iswara). Assim sendo, Govinda estava tão satisfeito com Ela que Ele abandonou todas nós e a levou até um local recluso.” (Srimad Bhagavatam 10.30.28)
   Srimati Radhika é a amada suprema de Krishna como exemplificado pelo fato Dele ter deixado todas as outras gopis durante a dança de rasa e ter se retirado com Ela. Certamente Ela satisfez o Senhor Supremo, por cuja misericórdia, Krishna é muito feliz com Ela.
   Se alguém declara ter um desejo intenso pelo serviço a Srimati Radhika ou o serviço como os outros residentes de Vrindavan, também deve haver alguns sintomas visíveis. Se alguém realmente vê ou associa com Srimati Radhika, esta pessoa não poderá permanecer neste mundo. Narad (no estágio de bhav bhakti) teve apenas um vislumbre do Seu Senhor Narayan e então o Senhor desapareceu e disse: “Eu nunca concedo esta visão a aqueles que não são puros.” Então, como é possível que uma alma condicionada possa ver Radhika?”
    Devemos saber todas estas verdades.
Sastroktaya-prabalaya-tat-tan-maryadayanvita
vaidhi bhaktiriyam kaiscin maryada-marga ucyate
 “Serviço devocional governado pelas regras e regulações das escrituras é também chamado de maryada-marga, ou o reverencial caminho da devoção, o caminho do serviço a Deus em opulência”. (B.R.S. Purva-vibhaga 2.269)
   Srila Vallabhacharya tem explicado sobre a etiqueta e regulação devocional (maryada). O Srimad Bhagavatam nos dá esta instrução; ouvir, cantar, lembrar, servir os pés de lótus do Senhor, adorar, orar, se tornar um servo do Senhor, se tornar amigo dele, e render tudo a Ele (Deus), constitui as nove práticas do processo de vaidhi-bhakti.
   Há também as cinco práticas principais de bhakti que são as mais importantes; sadhu-sanga- associar com os devotos, escutar o Srimad Bhagavat, viver em Mathura, cantar os santos nomes e adorar a deidade com firme fé e veneração.
   Se seguirmos estas práticas sem ofensa, vamos alcançar prema-bhakti (amor puro transcendental por Sri Krishna) muito em breve.
   Bhava Bhakti é muito elevado, como podemos ver pelos seus sintomas:
Ksantir-avyartha-kalatvam
viraktir-mana-sunyata
asa-bandhah-samutkantha
nama-gane sada rucih
asaktis-tad-gunakhyane-pritis-tad-vasati-sthale
ity-adayo-'nubhavah-syur-jata-bhavankure jane
 “Quando a semente dos sentimentos extáticos a Krishna se frutifica, os seguintes nove sintomas manifestam no comportamento do devoto: perdão, entendimento que o tempo não deve ser desperdiçado, desapego, ausência de falso prestígio, esperança, determinação, prazer em cantar os santos nomes de Deus, apego às descrições das transcendentais qualidades de Deus e afeição pelos lugares onde Deus reside- templo ou lugar sagrado como Vrindavan. Estes sintomas são chamados de anubhav ou sinais subordinados da emoção extática. Eles são visíveis em uma pessoa cujo amor por Deus começou a frutificar.” (Bhakti-rasamrta-sindhu 1.3.25-26)
   Simplesmente dizer aos outros: “Eu tenho ânsia” não trará nenhum benefício. Se alguém diz: “Não quero performar vaidhi bhakti. Não há nenhuma necessidade em seguir isto,” isto vai contra as escrituras.
sruti-smrti-puranadi-pancaratra-vidhim-vina
aikantiki harer bhaktir utpatayaiva kalpate
   “Serviço devocional a Deus que ignora as literaturas Védicas como os Upanishads, Puranas, Narad-pancharatra etc.., é simplesmente um desnecessário distúrbio a sociedade.” (Bhakti rasamrta Sindhu 1.2.101)
Aqueles que não querem seguir as regras e regulações de bhakti são completamente independentes e prejudiciais. Eles não querem aceitar qualquer inconveniência ou sofrimento na execução de vaidhi bhakti. Eles querem pular direto ao topo da árvore de bhakti. Eles querem apenas radha dasya e manjari-bhav-serviço pessoal direto a Srimati Radhika em um bosque isolado. 
   Srila Rupa Goswami declarou (de acordo com as escrituras sruti e smriti) que há 64 práticas principais de bhakti-yoga, e as primeiras dez são especialmente importantes. A primeira é guru pada ashraya. Deve-se primeiro aceitar iniciação hari-nama e então iniciação no diksha-mantra. Deve-se aprender a como praticar bhakti-yoga e aprender o que é bhakti, o que não é bhakti, o que é sakama-bhakti (devoção visando satisfazer desejos materiais), niskama-bhakti (devoção sem nenhum desejo por resultado material), nirguna bhakti (devoção que não é afetada pelas qualidades da natureza material), uttama-bhakti (serviço devocional puro), aropa-siddha bhakti (atividades que não são bhakti, mas são nomeadas bhakti porque são oferecidas ao Senhor Supremo), sanga-siddha bhakti (esforços que são associados ou favoráveis ao desenvolvimento de bhakti, mas que não são puramente compostas de bhakti), swarupa-siddha bhakti (esforços que são puramente constituídos de serviço devocional).
   Aspirantes a devotos devem saber todas estas verdades, se não eles performarão bhakti que na verdade não é bhakti. Aqueles que não querem seguir estes princípios são tolos estúpidos. Srila Bhaktivedanta Swami Maharaj usava estas palavras, estou simplesmente repetindo suas palavras. Então, tome bastante cuidado. 
Yasya-deve-para-bhaktir-yatha-deve-tatha-gurau
Tasyate kathita hi artah prakasante mahatmanah

 “Os significados do conhecimento Védico são automaticamente revelados apenas a aquelas grandes almas que possuem a mesma fé firme tanto no Senhor Deus quanto no mestre espiritual”.  (Svetasvatara Upanisad 6.23)
   Você deseja praticar bhakti para Krishna, mas primeiro você deve praticar bhakti ao seu Gurudev. Você deve saber que Srila Gurudev é uma manifestação do próprio Senhor Krishna. Krishna é vishaya-bhagavan (O Supremo objeto e desfrutador do serviço) e Srila Gurudev é ashraya-bhagavan (o reservatório e o provedor do serviço a Deus).
Saksad-dharitvena-samasta-sastrair
uktas-tatha-bhavyata-eva-sadbhih
kintu-prabhor-yah-priya-eva-tasya
vande guroh sri-caranaravindam
   “O mestre espiritual que atua em nome do Senhor Supremo deve ser adorado como sendo tão bom quanto o Senhor, pois ele é o servente mais confidencial ao propagar a mensagem de Deus para o benefício das almas condicionadas presas neste mundo material”  (Sri Gurvastakam 7)
Yasya-prasadad-bhagavat-prasado
yasyaprasadan-na-gatih-kuto-’pi
dhyayan-stuvams-tasya-yasas-tri-sandhyam
vande guroh sri-caranaravindam
   “Pela misericórdia do mestre espiritual, recebemos a benção de Krishna. Sem a graça do mestre espiritual, ninguém pode fazer qualquer avanço. Então, devo sempre lembrar e glorificar o mestre espiritual. Pelo menos três vezes ao dia, devo oferecer minhas respeitosas reverências aos seus pés de lótus.” (Sri Gurvastakam 8)
   Estas pessoas falsas não querem servir Srila Gurudev. Como estes tolos conseguirão obter raganuga-bhakti? Sri Chaitanya Mahaprabhu seguiu todoas práticas de vaidhi-bhakti que estão escritas no Sri Bhakti Rasamrta Sindhu. Ele disse a Srila Raghunath Das Goswami:
Sthira-haiya-ghare-yao,-na-hao-vatula
krame krame paya loka bhava-sindhu-kula
   “Seja paciente e retorne a sua casa. Não seja louco. Muito em breve você será capaz de cruzar o oceano da existência material”. (Caitanya-caritamrta, Madhya 16.237)
Antare-nistha-kara,-bahye-loka-vyavahara
acirat krsna tomaya karibe uddhara
    “No seu coração, você deve se manter cheio de fé firme, mas externamente você pode agir como um homem comum. Então, muito em breve Krishna ficará satisfeito e liberará você das garras de maya”. (Caitanya-caritamrta. Madhya 16.239)
   Srila Rupa Goswami é Sri Rupa Manjari (sua forma como uma gopi), mas externamente ele seguia todas as regras e práticas de vaidhi-bhakti. Se, pela misericórdia de um Guru qualificado, alguém possui verdadeira ânsia por servir Krishna de maneira espontânea em seu coração e se, esta pessoa está servindo Krishna internamente no caminho de raganuga em sua forma espiritual (siddha deha), ela deve estar pelo menos no estágio de rati. Verdadeira ânsia transcendental manifestará neste estágio (rati-bhav). Antes disso, a pessoa não possui verdadeira ânsia. Em nome desta ânsia, homens serão atraídos por mulheres e mulheres serão atraídas por homens. Isto é muito perigoso, pois eles irão ao inferno. Eles não irão ao mundo transcendental para ser manjaris.”
   Vocês podem já ter lido este verso:
Bhayam-dvitiyabhinivesatah-syad
isad-apetasya-viparyayo-’smrtih
tan-mayayato-budha-abhajet-tam
bhaktyaikayesam guru-devatatma
   “O medo aparece quando a entidade viva se indentifica erroneamente como sendo o corpo material. Isto acontece devido a sua absorção na externa e ilusória energia material de Deus. Quando a entidade viva vira as costas para o Senhor Supremo (Deus), ela também se esquece da sua posição constitucional (natural) como um servente de Deus. Esta confusão- condição temerosa é imposta pela potência da ilusão, chamada maya. Então, a pessoa inteligente deve se engajar no serviço devocional uni direcionado a deus, sob a guia de um mestre espiritual fidedigno, a quem ela deve aceitar como sendo sua deidade adorável, sua vida e alma”.   (Srimad-Bhagavatam 11.2.37)
   Sri Kavi- um dos nove Yogendras proferiu a palavra “guru-devatatma” em sua conversa com Nimi Maharaj. Nós viemos a este mundo porque nos esquecemos de Krishna, e por isto estamos sempre sofrendo. Se alguém deseja acabar com todas as misérias da existência material, ela deve primeiramente servir Sri Guru, que é servido através dos seus ensinamentos. Primeiro sirva Sri Guru, e depois Krishna. Sem servir um Guru fidedigno, ninguém pode adentrar no campo de bhakti. Não seja impaciente como as pessoas que dizem que viram Radha ou Krishna. Estes são farsantes. Se alguém realmente vê a forma transcendental de Krishna, tal pessoa teria que abandonar seu corpo material e ir até Vrindavan, Vraj-mandal, no seu corpo transcendental perfeito (siddha deha) e então servir Krishna lá.
Tome bastante cuidado com isto. As pessoas que ignoram a importância de seguir os princípios de vaidhi-bhakti não querem seguir nada, mas você deve primeiramente seguir vaidhi-bhakti. Se você ler o Sri Chaitanya Charitamrta sob a guia de um Rasika Vaishnava, sua vaidhi-bhakti irá se tornar raganuga-bhakti automaticamente. Este é o processo.
Gaura-premanande!